Anel de banda Tiffany notas [T732786] - $53.00 : tiffany barato joias , tiffanyforcheap.co anel de eternidade tiffany


anel de eternidade tiffany

tiffany london opening hours
anéis tiffany
scatola blu tiffany

Tiffany & Co. revela processo de criação do icônico anel de noivado Tiffany® Setting

NextMag 20/01/2016 FASHION Nenhum Comentário
Tiffany & Co. revela processo de criação do icônico anel de noivado Tiffany® Setting

Este ano, a marca celebra 130 anos da criação do icônico anel solitário de 6 garras

 

Pela primeira vez, a Tiffany & Co. lança todos os holofotes de sua nova campanha sobre os artesãos responsáveis pela produção do icônico anel de noivado Tiffany® Setting. Neste ano, a marca comemora os 130 anos desta criação, reconhecida globalmente como o símbolo do amor e do casamento.

Batizada de “I Will”, esta é a primeira peça da campanha a ser realizada ao longo do ano que exalta o solitário Setting – criação exclusiva da Tiffany que a transformou mundialmente na marca símbolo do amor e do casamento.  “Quando nosso fundador Charles Tiffany introduziu o Tiffany® Setting, em 1886, ele nos deu não só um símbolo do amor verdadeiro, mas também uma herança duradoura de nosso legado em diamantes e trabalho artesanal”, diz Caroline Naggiar, diretora de marketing da Tiffany & Co.

 

Luciana Marsicano, diretora geral da joalheria no Brasil, completa: “Não há melhor maneira de comemorar o 130º aniversário deste anel maravilhoso do que honrando seus criadores”.

A campanha apresenta o testemunho de artesãos reais, responsáveis por cortar, polir e manipular cada anel em uma tradição inigualável de excelência, assim como era feito há 130 anos. Enfatizando o porquê de Tiffany® Setting ser diferente de todos os outros anéis de noivado de seis garras, os joalheiros revelam aos noivos que somente uma pequena parcela (0,04%) dos melhores diamantes do mundo atende às exigências da empresa e que seus padrões superlativos vão além dos tradicionais 4Cs: corte, cor, pureza e “quilatagem”.

Os anúncios, de página simples ou dupla, apresentam a declaração “Eu Aceito”, seguida de depoimentos de cada artesão, que revela seu profundo sentimento de orgulho e dedicação na criação do anel de noivado mais icônico da Tiffany,  que pode levar um ano inteiro para ficar pronto.

 

Entre as citações: “Eu  rejeito  99,96% dos melhores diamantes do mundo porque há uma diferença entre qualidade e qualidade Tiffany” , do gemologista-chefe da Tiffany & Co., Melvyn Kirtley. Outro artesão, Tomas Dziwura, afirma: “Quero criar um Tiffany® Setting tão perfeito que ao final o diamante vai parecer  estar flutuando” .

 

As citações são ilustradas com belíssimas fotos em preto e branco tiradas pelo aclamado fotógrafo Martyn Thompson, registrando com preciosismo o trabalho manual dos artesãos.  Além disso, o diretor Keith Ehrlich fez vídeos de 15, 30 e 60 segundos mostrando com mais detalhes este trabalho, com narração dos próprios profissionais.

 

Os especialistas contam sobre o privilégio de trabalhar com diamantes brutos de inigualável qualidade.  A Tiffany, então, corta e lustra a maioria das pedras em instalações próprias de ponta, a fim de manter a integridade da sua cadeia de fornecimento de diamantes.

 

A campanha “I Will” –  “Eu Aceito”, em português – dá sequência à celebrada campanha “Will You?” ou “Você Aceita?”, lançada nesta mesma época, no ano passado, quando retratou casais reais em cenas de compromisso de forma moderna e encantadora.

 

Ambas campanhas foram criadas pela agência de publicidade da Tiffany & Co.,  a Ogilvy & Mather, em Nova York. As imagens vão aparecer na mídia impressa e digital sob a hashtag #TiffanySetting.

 

Fotos: Carlton Davis; Pari Dukovic

 

Tiffany&Co. Curitiba

Pátio Batel

Avenida do Batel, 1868, loja 141

Curitiba (PR)

Tel. (41) 3020-3357

www.tiffany.com.br

Like this Article? Share it!

Leave A Response

Clique aqui para cancelar a resposta.



Namorada Criativa

Posts populares

Alianças de compromisso

Comecemos a falar de um assunto polêmico: Alianças de compromisso. De onde surgiu o costume de namorados usarem aliança? Sinceramente, não se tem registro.

Já para os casados, o costume de usar alianças veio de bem longe, com os egípcios, por volta de 2800 a.C.. Para eles, um círculo, não tendo começo nem fim, representava a eternidade à qual a união se destinava. Cerca de 2 000 anos depois, os gregos descobriram o magnetismo, que acabou influindo também nessa simbologia. Como eles acreditavam que o terceiro dedo da mão esquerda possuía uma veia que levava diretamente ao coração, passaram a usar nele um anel de ferro imantado, para que os corações dos amantes permanecessem para sempre atraídos um pelo outro. O costume foi adotado pelos romanos e o Vaticano manteve a tradição. Já o anel de noivado foi introduzido no ano 860, por decreto do papa Nicolau I (858-867), que o instituiu como uma afirmação pública obrigatória da intenção dos noivos. “A aliança passa da mão direita para a mão esquerda para representar a aproximação do compromisso definitivo. Do lado esquerdo, ela fica mais próxima do coração”, afirma o padre Eduardo Coelho, da arquidiocese de São Paulo. //dados da revista Mundo Estranho.

No resto do mundo, no início a aliança era tida como um certificado de propriedade da noiva, ou de compra da noiva, indicando que a mesma não estava mais disponível para outros pretendentes (o que muitas meninas ciumentas alegam como motivo para colocar a aliança na mão do bofe).

Tempos depois, a igreja cristã adaptou a aliança como um símbolo de união e fidelidade entre casais cristãos.

Mas afinal, porque a maioria dos homens não gostam de usar aliança?

É mesmo triste quando você, moça romântica e sonhadora, fã de toda a dramaturgia romântica disponível, leitora fiel de Nicholas Sparks; ouve de seu namorado: “Não quero usar aliança”. Centenas de coisas passam por sua cabecinha produtiva, “ele não me ama o suficiente”, “ele não quer demonstrar que tem um relacionamento sério” etc. Vamos com calma né pessoal!

Pausa para curiosidade: Você sabia que os homens só começaram a usar aliança na década de 30?
Isso porque, na Segunda Guerra Mundial, as mulheres deram alianças aos seus maridos soldados para simbolizar a eternidade de seu amor. Ao final dos anos 40, 80% dos homens já usavam alianças de casamento.
Já o anel de noivado (aquele com diamante que faz as mocinhas chorarem nos filmes), nunca foi popularizado entre os homens.

Bem, agora o porquê de muitos caras não aceitar usar a aliança é bem difícil saber. Creio que é uma questão cultural e isso ultrapassa o relacionamento do casal.

Voltando à questão das alianças de namoro, lancei a discussão aos leitores. Devemos usar? Quem deve entregar? Quanto tempo de namoro é preciso para começar a usar?
Vamos a algumas respostas:

A Maiara Luise disse:
Não acho que seja uma prioridade, mas acho um gesto fofo e uso com muito prazer. Com o anel de compromisso levamos à pensar mais seriamente nos outros 02 passos (noivado e casamento).
O ruim de tudo é virar modinha , né ? Qualquer namorico usar uma aliança de compromisso – Ai não dá !!!! Mas quando se tem uma em um relacionamento sério e você vê que o cara realmente vale a pena , acho lindo lindo.

O Caíque Nunes disse:
É mais um simbolo, em tese não vale muita coisa, mas é bem legal você ter no seu dedo e lembra do seu amor, é como todos os presentes que você ganha o que vale é a lembrança e a intensão, não importa o valor material dela e sim o sentimental até se for de coquinho ta valendo porque o que vale é a intenção.

A Renata Marocco disse:
Não acho necessário usar aliança, mas fala sério, toda mulher adoraria ser surpreendida com um par de alianças, é fofo, acho lindo quando vejo casais que se amam, e usam alianças . Mas o nome mesmo já diz ”alianças de compromisso”, casais mais tradicionais (homens) veem que a menina é a certa pra ele, e quando vai pedir em namoro, já vai e dá a aliança, esse é o ato correto… Acho meio feio esses casais que namoram há anos e o cara não toma uma atitude, pô, assim como ganhar flores, a menina vai amar uma aliança, (ou os dois juntos). Aí vai uma dica, homens ! kkk 
Também acho que não há tempo ”definido” pro casal começar a usar, simplesmente se vocês acham que realmente se amam, e que realmente é o ”cara” pra você, vai em frente !

Para ver a discussão completa clique aqui.

Vamos a elas, alianças criativas:

Com a digital do namorado(a)

E esta, a mais criativa que encontrei:
O Portrait Projecting Ring é a aliança criada pelo joalheiro Tamrakar para o casamento de Luke Jerram e Shelina Nanji. Em um quarto escuro, iluminado apenas por uma vela ou LED, o anel transforma-se em um projetor de uma seleção de slides em miniatura de retratos de família. E assim que a família aumente, as fotos dos filhos podem ser acrescentadas à aliança, criando um álbum digital bem original.

Luke já havia impressionado Shelina ao pedi-la em casamento, dando um anel de noivado que trazia a gravação de seu pedido para ser ouvido quando a noiva quisesse. Para isso, era preciso colocar o chamado “Talking Ring” em uma “vitrola” especial, também desenvolvida pelo noivo.


O que acharam? Vocês usam aliança meninas?



Tags: Alianças Criativas, Alianças de compromisso, Chaiene, Sentimentos

Posts relacionados

  • DIY: Kit Cultivar é Amar
    DIY: Kit Cultivar é Amar
  • Sugestões de presente para o namorado no Natal
    Sugestões de presente para o namorado no Natal
  • Colocando suas fotos favoritas em uma tela
    Colocando suas fotos favoritas em uma tela

Deixe seu comentárioCancelar

Comentários via Facebook

ttps://i.pinimg.com/736x/95/9e/44/959e44d5e4e98dda5a8cf3107ec83261--vence.jpg">

Namorada Criativa

Posts populares

Alianças de compromisso

Anel de banda Tiffany notas [T732786] - $53.00 : tiffany barato joias , tiffanyforcheap.co anel de eternidade tiffany